Na segunda-feira (22), ocorreram  duas explosões  no final de uns dos shows da Ariana Grande na Manchester Arena, na Inglaterra. Os relatos vieram dos fãs nas redes sociais e foram confirmados pela polícia, de acordo com a Reuters.

A BBC confirmou que ocorreu mortes causadas pela explosão e a polícia de Manchester confirmou 22 mortes e pelo menos 50 pessoas feridas no atentado.

O grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS) assumiu a autoria do atentado no show de Ariana Grande em Manchester, na segunda (22). O ataque deixou pelo menos 22 pessoas mortas e 59 feridas, segundo contagem mais atualizada da polícia britânica.

O comunicado, segundo a jornalista Rukmini Callimachi‏, foi publicado num dos canais de comunicação e diz que “um dos soldados do califado colocou explosivos no meio da multidão na cidade de Manchester”.

A polícia também informou a prisão de um suspeito de 23 anos na zona sul de Manchester.

As outras informações confirmadas, de acordo com o The Guardian:

  • Das 22 mortes, duas pessoas já foram identificadas – uma garota de 18 anos e outra de 8;
  • Das 59 pessoas feridas, 12 têm menos de 16 anos;
  • A Manchester Arena disse que o incidente aconteceu “fora do local, num lugar público”, pouco depois das 22h30;
  • De acordo com pessoas presentes, uma explosão aconteceu perto da saída da arena enquanto a última música do show era apresentada;
  • Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido, declarou: “Todos os atos de terrorismo são ataques covardes em pessoas inocentes, mas este se destaca pela covardia espantosa e repugnante, deliberadamente atacando crianças inocentes e indefesas e jovens que deveriam estar aproveitando uma das noites mais memoráveis de suas vidas”.
  • A Rainha Elizabeth II disse em comunicado: “Toda a nação está chocada pelas mortes e pelos feridos de Manchester ontem à noite que estavam aproveitando um show. Sei que falo por todos ao expressar minhas mais profundas simpatias a todos os afetados por essa ocasião horrível e especialmente às famílias e amigos dos que morreram ou foram feridos. (…)”

Não ocorreu, ainda, nenhuma confirmação vinda da equipe de Ariana Grande, mas a CNN e o TMZ estão informando que a cantora suspendeu por tempo indeterminado sua turnê mundial por conta do ataque terrorista

Em seu Twitter Ariana escreveu que sentia muito pelo ocorrido.

Segunda a TMZ, os shows de quinta-feira em Londres foi cancelado e também  os shows na Europa, que seriam na Bélgica, Polônia, Alemanha, Suíça, França, Portugal, Espanha e Itália. Ariana tem datas no Rio de Janeiro e São Paulo, mas não há informações se ela fará os shows.

 

Anúncios